História

Hoje é conhecida como a maior rede de “fast food” do mundo, o McDonalds tem uma história que podemos classificar como "Grandes Mentes" referindo-se ao actual dono.
A empresa começou em 1937 com uma pequena barraca de cachorros-quentes, situada na Arcádia (Califórnia), a qual foi fundada pelos irmãos Mc Donald que vendiam diversos tipos de lanches.
A história da transformação do MCDONALD’S na maior rede de “fast food” do mundo começou em 1937 quando estes dois irmãos: Richard (Dick) e Maurice McDonald abriram um restaurante no sistema Drive-In na cidade de Arcádia, na Califórnia. Pouco depois, em 1940, mudaram-se para a cidade de San Bernardino, também na Califórnia, onde abriram um restaurante MCDONALD’S na famosa Rota 66 com cerca de 20 carhops, empregados de mesa que  em cima de patins entregavam os pedidos dos clientes no carro. Isto tornou-se em algo popular e muito lucrativo. O menu continha 25 itens, a maior parte deles eram churrascos.
Em 1948, depois de notarem que grande parte do dinheiro que ganhavam provinha da venda de hambúrguer, que na época custava US$ 0.15, os irmãos renovaram totalmente o restaurante.


Dentro destas inovações empreendidas estavam: a substituição de todos os utensílios – talheres, copos, pratos – por embalagens descartáveis; visitação pública de sua cozinha, onde os clientes podiam ver a impecável higiene e limpeza; eliminação do serviço de empregados de mesa em patins, a partir de então os clientes teriam que sair dos seus carros e irem fazer o seu pedido ao balcão; uma nova forma de produção dos hambúrguers, com a mudança do menu, que passou a ser bastante enxuto, na qual os alimentos eram preparados com base em uma linha de montagem. Quando o restaurante é reaberto passa a vender somente hambúrguer, milk-shake, e batata frita, o que tornou-se em um grande sucesso, cuja fama era espalhada de boca em boca.
Em 1953, os irmãos McDonald começaram a criar franquias de seu restaurante. Com Neil Fox abriram a primeira unidade franqueada. O segundo restaurante abriu em Phoenix, cidade do Arizona, sendo o primeiro a utilizar o estilo baseado nos Arcos de Ouro. O restaurante original foi reconstruído baseado nesse mesmo estilo. Ainda no mesmo ano, o quarto restaurante foi aberto em Downey na Califórnia, na esquina com a Lakewood e Florence Avenue, onde hoje é o mais antigo restaurante em funcionamento.-

A história da marca começou a mudar em 1954, quando o vendedor de máquinas de agitar milk-shake, Ray Kroc, ficou fascinado com a popularidade e estilo do restaurante MCDONALD’S durante uma visita comercial. Depois de ver o restaurante em operação, propõe aos irmãos McDonald, que já possuíam franquias, a vendê-las fora da localização original da empresa (estado da Califórnia e do Arizona), sendo dele próprio a primeira franquia. Partiu para Chicago com uma planta do restaurante, uma receita para as batatas fritas e um contrato que lhe dava permissão para encontrar novos locais para as filiais. Uma das únicas exigências era a de que todos os restaurantes deveriam ter a aparência exatamente igual ao original.

 
Negócio feito, no dia 15 de Abril de 1955 o ex-representante comercial que inaugurou o seu primeiro restaurante em Des Plaines, no Estado de Illinois, servindo hambúrgueres de boa qualidade, com serviço rápido e cortês, em um ambiente totalmente limpo, conceitos até hoje ligados à marca. O menu original do MCDONALD’S era pequeno: hambúrguer (US$ 0.15), cheeseburguer (US$ 0.19) batata frita (US$ 0.10), refrigerantes (US$ 0.10 e US$ 0.15), café (US$ 0.10) e milk-shake (US$ 0.20). Somente no primeiro dia o total de vendas foi de US$ 366.12. Começava naquele momento uma revolução na indústria e na história da alimentação mundial. A literatura da empresa costuma se referir a essa data como o “início” do MCDONALD’S, que já tinha 15 anos, tirando os irmãos McDonalds da história e dando maior valor ao “fundador” Ray Kroc. A empresa ainda chama este restaurante de "McDonald’s Número 1”.

Um ano depois, Ray Kroc já tinha construído uma rede com mais de 20 restaurantes espalhados pelo território norte-americano. Em 1958 completava a venda de mais de 100 milhões de hambúrgueres. No início dos anos 60, a dedicação de Kroc aos estabelecimentos era total, e logo se cansou da sonolência dos irmãos McDonald. Com a ajuda de um investidor desembolsou US$ 2.7 milhões e comprou a parte dos irmãos McDonald no negócio, que renomearam seu restaurante original para “The Big M” (O Grande M). Mas Kroc levou-o à falência, mais tarde, construindo um MCDONALD’S a apenas uma quadra ao norte.
Nesta mesma década, os estabelecimentos ganharam lugares para sentar. Em 1967, com quase mil restaurantes funcionando nos Estados Unidos, iniciava sua escalada internacional abrindo um restaurante na cidade de Richmond, no Canadá, e outro em Porto Rico. Foi neste ano que o atual design dos restaurantes, com teto mansard e mesas do lado interno, foi introduzido como padrão em toda rede.
Outras novidades viriam como o primeiro restaurante MCDONALD’S inaugurado na Europa em 21 de Agosto de 1971 em Zaandam na Holanda; seguido em Dezembro, pela inauguração do primeiro restaurante na Alemanha em Munique, que foi o primeiro da rede a vender bebida alcoólica (cerveja); inauguração do primeiro restaurante, em 1974, dentro de um zoológico na cidade de Toronto no Canadá; a implantação do sistema Drive-Thru em 1975 na cidade de Sierra Vista, no Arizona, conhecido como McDrive ou Auto-Mac em alguns países; o pioneirismo em divulgar a lista de ingredientes de seus produtos em 1986; o maior restaurante MCDONALD’S do mundo até os dias actuais, inaugurado em Pequim, capital da China (com mais de 700 lugares); a montagem de lojas dentro dos supermercados Wal-Mart; e a abertura de um restaurante, em 1996, dentro dos parques temáticos da Disney. Nesta época o sucesso estava consolidado.
Em 2006, o MCDONALD’S deu início a uma verdadeira revolução em seu conceito: depois de pesadas críticas quanto aos malefícios de suas refeições, a preocupação da rede passou a ser oferecer um menu mais saudável e menos calórico a seus consumidores. O menu passou a conter opções de alimentos mais saudáveis como saladas, frango e outros itens frescos. Em Março, todas as embalagens dos produtos passaram a conter informações nutricionais. Recentemente a empresa informou que pretende investir US$ 2.1 bilhões em 2009 para abrir mil novos restaurantes assim como melhorar os já existentes.

A linha do tempo

1961
 Inaugurada a HAMBURGUER UNIVERSITY em Elk Grove, região próxima a Chicago, para treinar funcionários e franqueados. A primeira turma de formando era composta por 15 pessoas.
1964
 Introdução do FILET-O-FISH, que depois viria a se chamar McFISH, feito com file de peixe, na cidade de Cincinnati, estado de Ohio, em um restaurante localizado numa vizinhança dominada por católicos, que não comiam carne nas sextas-feiras. O criador do sanduíche foi o franqueado Lou Groen. Foi a primeira adição ao cardápio original, sendo lançado nacionalmente no ano seguinte. Quando o MCDONALD’S chegou ao Brasil, em 1979, o nome do McFish era Filé de Peixe. Hoje, a fritura do filé de peixe é feita em óleo vegetal a uma temperatura de 166ºC.
1968
 Introduziu seu produto de maior sucesso, o BIG MAC, responsável pelo grande reconhecimento da marca nos dias de hoje.
 Também lançou a Torta de Maçã quente conhecida como HOT APPLE PIE. Essas tortas passaram a ser assadas, ao invés de fritas, somente em 1992.
1971
 Criado na cidade de Chula Vista, Califórnia, o McDONALD’S PLAYLAND, um grande playground para o divertimento das crianças. Nas décadas seguintes esses espaços foram implantados em unidades americanas e depois internacionalmente.
1972
 Introdução do QUARTER POUNDER (Quarteirão com queijo). O “Pound”, ou libra, é uma medida de peso que equivale a 453,59 gramas. O nome do hambúrguer vem do peso da carne que tem aproximadamente um quarto de libra.
1973
 Introdução do EGG MUFFIN (hambúrguer composto por uma fatia de bacon, ovo frito e queijo em um pão redondo – english muffin - com manteiga), primeiro item de pequeno almoço em seu menu. O produto, criado pelo franqueado Herb Peterson, seria lançado nacionalmente dois anos depois.
1977
 Introdução do BREAKFAST MENU (menu pequeno almoço) no mercado americano nacionalmente. A rede já servia, mas em fase de teste, desde 1971.
 Também neste ano foi criado no Canadá o McDIA FELIZ.
1978
 Introduzido os famosos SUNDAES no mercado americano.
1979
 Introdução em Junho do HAPPY MEAL voltado para o público infantil como parte da promoção “Circus Wagon”. A ideia partiu da mente do gerente de publicidade Dick Brams que contratou uma agência para desenvolver um hambúrguer vendido em uma espécie de kit para atrair crianças para o restaurante, promovendo o MCDONALD’S como uma marca familiar. O produto havia sido testado na cidade de St. Louis em 1977, antes de ser introduzido nacionalmente. O primeiro happy meal, custava US$ 1, era composto por um hambúrguer ou cheeseburguer, uma bebida pequena, uma batata-frita pequena e uma porção de cookies. Os brinquedos contidos no kit eram um quebra-cabeça, uma pulseira dos personagens da McDonaldland e uma espécie de carteira. O kit é conhecido como HAPPY MEAL em quase todos os países, com exceção do Canadá (parte francesa) onde é chamado “Joyeux Festins”; no Japão conhecido como “Happy Set”; em países de língua espanhola e Porto Rico chamado de “Cajita Feliz”; e no Brasil onde é chamado de “McLanche Feliz”.
1980
 Introdução do hanburguer McCHICKEN, o primeiro item de carne de frango do ementa. Sem sucesso, foi retirado do mesmo, e mais tarde recolocado (1989) após o sucesso do McNuggets.
1981
 Introdução do hambúrguer McRIB, feito com carne de porco, molho barbecue, cebola e picles. Actualmente este hambúrguer é vendido sazonalmente, principalmente nos Estados Unidos, além de fazer parte da ementa na Alemanha e em algumas cidades do estado de Ohio.
1983
 Introdução, em Junho, do CHICKEN McNUGGETS, deliciosos pedaços de frango empanados. Actualmente o produto pode ser encontrado em porções com 4, 6 ou 12 unidades, acompanhadas de molhos como Agridoce, Barbecue, Caipira ou Mostarda.
1985
 Introdução das primeiras saladas em seu menu.
1988
 Introdução do McGRIDDLES, uma fatia de bacon, queijo e ovo no meio de duas fatias de pão doce com a marca MCDONALD’S tostada nele.
1996
 Introdução do BIG N’ TASTY. Em 16 de Fevereiro de 2001 o hambúrguer foi lançado nacionalmente com uma campanha publicitária com a participação do jogador de basquete Kobe Bryant. O queijo do Big Tasty é do tipo emmenthal, que pela primeira vez entra no menu de um hambúrguer da rede. 
 Introdução do hambúrguer ARCH DELUXE, um hambúrguer criado e direccionado para o consumidor adulto, com alface, tomate, queijo, mostarda de Dijon, cebola e maionese, com bacon opcional. A maior novidade em seu menu nos últimos vinte e cinco anos foi amparada por campanha publicitária de US$ 100 milhões. Foi um fracasso.
Também foram introduzidas as saladas GRILLE CHICKEN SALAD e GARDEN SALAD.
1998
 Introdução da sobremesa McFLURRY como teste de mercado nos Estados Unidos. Foi criada por Alicia Jones e vendida primeiramente no Canadá em 1997. Somente em 2000 começou a fazer parte da ementa americano da rede.
1999
 Introdução do Bagels (uma espécie de pão em forma de rosca) na emente de pequeno almoço.
2000
 Introdução do McSALAD SHAKERS, uma salada fresca servida em um copo transparente.
 Também foram lançados os hambúrguers CHICKEN McGRILL, (peito de frango com alface, tomate e molho especial à base de maionese, em um pão tostado com gergelim) e CRISPY CHICKEN, na ementa americana.
2002
 Introdução do CHICKEN SELECTS, tiras de frango frito, muito semelhante ao McNuggets, por tempo limitado no mercado americano. O produto seria introduzido nacionalmente no Canadá e nos Estados Unidos no ano seguinte.
Lançamento do ONE DOLLAR MENU ou VALUE MENU no mercado americano, um menu diferenciado no qual todos os itens custam apenas US$ 1 dólar. Dentre os itens do menu actualmente estão: o Double Cheeseburguer e hambúrguer, McChicken, Sundae, Egg McMuffin, bebidas e batatas fritas pequenas, gelados em cone, entre outros itens. O sucesso deste menu resultou na expansão para outros países como Canadá onde é chamado de Value Picks Menu; e muitos países europeus com o nome de Euro Saver Menu.
2003
Lançado no Brasil, um serviço exclusivo do MCDONALD’S chamado McINTERNET, que oferecia gratuitamente aos clientes e funcionários acesso rápido à rede mundial de computadores.
Introdução da PREMIUM SALADS, uma linha composta por três opções de saladas (Caesar, California Cobb ou Bacon Ranch) compostas por misturas das mais variadas verduras e legumes, em uma tentativa de deixar seu cardápio mais saudável.
2004
 Introdução do APPLE DIPPERS, pequenos pedaços frescos de maçãs servidos com cobertura de caramelo.

2007

 Lançamento do McWrap, massas finas tipo tortilha com recheio de frango empanado ou grelhado, alface americana picada, queijo parmesão ralado e maionese ou molho com leve toque cítrico.

2008

 Lançamento do Chicken Biscuit e do Southern Style Chicken Sandwich.
O grande campeão

O hambúrguer símbolo da rede,foi criado em 1967 por Jim Delligatti, um franqueado do MCDONALD’S da cidade de Pittsburgh, na Pensilvânia, que se inspirou em um hambúrguer de um concorrente chamado Big Boy. Este hambúrguer continha dois discos de carne separados por uma terceira e central fatia de pão, condimentado com alface, picles, cebola, queijo e maionese. A partir de uma receita própria, ele tinha como objectivo atrair  os consumidores adultos, assim surgiu o hambúrguer mais famoso do mundo: dois hambúrgueres entre três fatias de pão e duas rodelas de picles, vendido à US$ 0,45. O sucesso do novo do deste foi tão grande que um ano depois o Big Mac passou a fazer parte do ementa nacional da rede.
Sucesso imediato, já no ano seguinte o BIG MAC respondia por 19% das vendas da rede. O MCDONALD’S vende mais de 1.5 bilhões de Big Mac a cada ano. Depois dos americanos, são os japoneses os maiores fãs do hambúrguer duplo. O Big Mac é o único item que pertence ao menu de toda a rede, possuindo o mesmo nome em todos os países. O hambúrguer possui 490 calorias, 25 gramas de gordura, 23 gramas de proteínas, 45 gramas de carboidratos e 178 grãos de gergelim.

O porta-voz
 
Em 1971, Ronald ganhou uma turma de amigos, que viviam na cidade de McDonaldland (A terra do McDonald), composta por: Hamburglar, Grimace, Mayor McCheese, Captain Crook, Professor e Birdie, esta última introduzida em 1980. Eles se tornaram um chamariz de lucros para a rede de alimentação.
-
McCafé

O conceito do McCafé foi criado em 1993 do outro lado do mundo, na cidade de Melbourne, na Austrália, com a proposta de oferecer aos consumidores habituais novos produtos e serviços no ambiente dos restaurantes, valorizando ainda mais a experiência no MCDONALD’S. Inspirado nos tradicionais cafés europeus, era um ambiente diferenciado, moderno e acolhedor. Ocupava áreas anexas aos restaurantes, mas com identidade própria. Além de café, doces e salgados, oferecia um menu requintado e com opções variadas a qualquer hora do dia. Somente em 2001 este conceito foi implantado nos Estados Unidos, começando pela cidade de Chicago e depois em outros países. Actualmente são mais de 2.000 McCAFÉ no mundo, presentes em mais de 30 países.
-
McDia Feliz

O primeiro McDia Feliz (McHappy Day) foi realizado no Canadá em 1977, quando as vendas (deduzido os impostos) do hambúrgueres BIG MAC eram destinadas a instituições que cuidavam de crianças e adolescentes portadores de câncer. Actualmente a campanha acontece em mais de 20 países como Argentina, Austrália, Áustria, Brasil, Canadá, Estados Unidos, Finlândia, França, Inglaterra, Irlanda, Nova Zelândia, Noruega, Suécia, Suíça e Uruguai.
Em vários países, Ronald McDonald também tem um instituto com seu nome (Ronald McDonald House Charities), fundado em 1974 em parceria com o jogador de futebol americano do Philadelphia Eagles, Fred Hill, cujo principal objectivo era conseguir recursos para desenvolver actividades em benefício das crianças e adolescentes com câncer e repassá-los para instituições que se dediquem ao mesmo objectivo.
O museu

O McDonald’s Museum, que a empresa se refere carinhosamente como The Original McDonald's, está localizado na cidade de Des Plaines, estado de Illinois. O lugar onde está o museu é o mesmo onde a “loja número 1” do MCDONALD’S foi inaugurada, no dia 15 de Abril de 1955, por Ray Kroc. A loja original foi demolida em 1984. Porém, a empresa achou que tinha uma rica história a preservar e construiu uma réplica idêntica da loja símbolo da rede. O tradicional e enorme letreiro é uma das atracções do museu com a mascote “Speedee”, que representava o inovador sistema chamado “Speedee Service System”, um dos pilares para que o MCDONALD’S se torna o que é hoje. O museu contém uma infinidade de artefactos originais e antigos do MCDONALD’S como a primeira batedeira de milk-shake vendida por Ray Kroc aos irmãos McDonald, verdadeiros fundadores da empresa, utensílios, manequins representando os empregados de mesa que estão vestidos com fardas originais da época, além de inúmeras fotos e vídeos.
Campanhas que fizeram história
A partir dos anos 50, já na gestão de Ray Kroc, o grande disseminador da marca MCDONALD’S, a relação entre marca e publicidade profissionaliza-se. Kroc contratou uma agência de relações públicas para cuidar da imagem do MCDONALD’S. Com o seu instinto para o marketing, percebera que estava na era das imagens. O importante era vender cultura: a cultura do fast food. A primeira acção publicitária efectiva da marca aconteceu somente em 1960 com a introdução do jingle “Look for the Golden Arches”, seguida da campanha em 1961 com o mesmo tema. As décadas de 70 e 80 foram cheias de novidades e inovações na comunicação da rede. Começou com o lançamento do famoso slogan “You Deserve a Break Today.
Somente em 2003, a rede lançou sua primeira campanha global com o slogan
“i’m lovin’ it” na cidade de Munique na Alemanha, ampliando as opções do menu e promovendo programas de actividade física. A campanha por ser global tinha o slogan traduzido para vários idiomas:
Me encanta. (espanhol)
C’est tout ce que j’aime.
(francês)
Ich lieb es.
(alemão)
işte bunu seviyorum. (turco)
Ao longo de sua história o MCDONALD’S também utilizou outros slogans de sucesso como:
McDonald's is your kind of place. (1967)
We do it all for you. (1975)
You, you're the one. (1976)
Nobody can do it like McDonald's can. (1979)
McDonald's and you. (1983)
It's a good time for the great taste of McDonald's. (1984)
Good time, great taste. That's why this is our place. (1988)
What you want is what you get. (1992)
Have you had your break today? (1995)
Did somebody say McDonald's? (1997)
We love to see/make you smile. (2000)
Make every time a good time. (2002)
Smile. (2002)

O valor
Segundo a consultoria britânica Interbrand, somente a marca MCDONALD’S está avaliada em US$ 33.578 bilhões, ocupando o sexto lugar no ranking das marcas mais valiosas do mundo. A empresa também ocupa a posição de número 108 no ranking da revista FORTUNE 500 (empresas de maior faturamento no mercado americano)

A marca no mundo

Existem mais de 32.400 restaurantes MCDONALD’S espalhados em 117 países que empregam 1.600.000 pessoas, atendendo 58 milhões de clientes por dia e gerando vendas perto de US$ 23 bilhões. A rede vende cerca de 190 hambúrgueres por segundo e um novo restaurante é inaugurado a cada dez horas. Cerca de 75% dos restaurantes são comandados por franqueados independentes que seguem os conceitos de trabalho estabelecidos pelo Sistema McDonalds, o que assegura o alto padrão de qualidade de produtos e serviços da rede. O MCDONALD’S é o maior comprador de carne bovina, carne de porco, batatas e maçãs dos Estados Unidos. 
Curiosidades:

  •  O MCDONALD'S foi, em 2008, pela sétima edição consecutiva o restaurante oficial dos Jogos Olímpicos. A estimativa do Comité Olímpico Internacional (COI) foi de que os atletas fizeram 25% de suas refeições no restaurante da rede.

  •  No dia 16 de Julho de 1984, James Oliver Huberty, ataca um restaurante do MCDONALD’S com uma arma, matando 21 pessoas e ferindo outras 19, em San Ysidro, Califórnia no chamado massacre do McDonald's.

  • O famoso hambúrguer tornou-se até índice económico. A revista britânica The Economist criou o índice Big Mac, que compara o poder de compra de uma moeda em relação ao dólar. O preço em dólares de um BIG MAC na China é de US$ 1.83, contra US$ 1.72 em Hong Kong, US$ 3.69 na Grã-Bretanha, US$ 4.02 no Brasil, US$ 4.62 na Zona do Euro, US$ 4.99 na Islândia, US$ 5.53 na Dinamarca e US$ 5.98 na Suíça. A Noruega é onde o hambúrguer é mais caro: US$ 6.15.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Enviar um comentário